IFRS 15 – RECEITA DE CONTRATOS COM CLIENTE E AS MUDANÇAS NO SETOR IMOBILIÁRIO

Claudia Rosa Kurgonas, George André Willrich Sales, Rodolfo Vieira Nunes

Resumo


A convergência do FASB e do IASB sobre a norma do IFRS 15 foi um marco para as práticas contábeis. O objetivo desse artigo foi avaliar as mudanças no método de reconhecimento das receitas (IFRS 15) das empresas brasileiras do setor de incorporação imobiliária, com atividades operacionais preponderantes a incorporação, construção e administração de empreendimentos imobiliários. Na metodologia utilizou-se o método de análise do conteúdo das notas explicativas de 07 (sete) empresas que publicaram suas demonstrações financeiras no período de 2015 a 2018. Concluiu-se que não houve alteração no método de reconhecimentos das receitas das da atividade imobiliária após a implementação da IFRS 15, em função do reconhecimento pelo método POC (Percentage of Completion Method) que já vinha sendo praticado anteriormente à adoção da norma. Portanto, esta pesquisa contribui para o estudo setorial sobre o impacto do IFRS 15 no reconhecimento das receitas das empresas imobiliárias de capital aberto.