EVOLUÇÃO ESPAÇO TEMPORAL DA PRODUÇÃO DE MILHO E SOJA NA REGIÃO SUL BRASILEIRA NO PERÍODO DE 2005 A 2018

Rodrigo Monteiro da SILVA, Leonardo Mateus de Morais Auriglietti, Luciana Aparecida Bastos, Amarildo De Paula Júnior

Resumo


A partir da expressiva importância da exportação das commodities no mercado internacional, e dado a grande representatividade da soja e do milho nessas exportações, principalmente ao se analisar o histórico de suas produções em território nacional, especificamente para a região Sul, a presente pesquisa teve por objetivo verificar qual o comportamento temporal e espacial dessas duas culturas na região sul brasileira. Para se alcançar o propósito, foi adotado a metodologia de Análise Exploratória de Dados Espaciais (AEDE) empregada para os anos de 2005, 2010, 2015 e 2018. Os principais resultados mostram a presença de três grande clusters Alto-Alto de milho e soja no estado do Paraná, mas que ao longo dos períodos foi se dissipando em direção a um único, mais ao centro da região, e o Rio Grande do Sul, possuindo esse um grande cluster Baixo-Baixo para milho, mas sem a presença de aglomeração espacial para a soja.