ESTUDO DA IMPLEMENTAÇÃO DO CMMS EM UM DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CLÍNICA

Beatriz OLIVEIRA, Leandro BORGES

Resumo


Este artigo tem como objetivo apresentar o estudo feito sobre o software CMMS, e a engenharia clínica. O CMMS tem a função de um software de manutenção, como os demais, à diferença é o seu custo benefício, para hospitais e clínicas no gerenciamento e manutenção dos equipamentos médico-hospitalares. A engenharia clínica surgiu nos Estados Unidos na década de 60, mas só chegou ao Brasil após 30 anos, com o objetivo de reduzir os custos com a manutenção dos equipamentos. O software CMMS traz para a área de engenharia clínica diversos benefícios, entre eles, a redução de gastos, e a inatividade do equipamento, evitando ocorrer problemas que são prejudiciais, tanto para os hospitais e clínicas, como para os pacientes. Concluindo, com os estudos feitos, através de pesquisas realizadas, o CMMS é viável, quando utilizado na engenharia clínica

Texto completo: PDF