IRRIGACAFÉ: CONSTRUÇÃO E ANÁLISE DE UM SISTEMA DE AQUISIÇÃO DE DADOS PARA CONTROLAR IRRIGAÇÕES E MEDIÇÃO DE USO E CONSUMO DE ÁGUA NA IRRIGAÇÃO CAFEEIRA

Evelyn Aparecida Gomes, Carlos Eduardo França Roland

Resumo


Com a descoberta do café em meados de 575 no nordeste da África, a cultura foi expandida por vários países e chega ao Brasil em meados de 1727. Devido ao clima tropical e por conter terras férteis o país se tornou o maior produtor mundial de café no final do século XIX. Neste cenário, o monitoramento do solo na agricultura torna-se fundamental para acompanhar a plantação, analisando a umidade do solo para adequar a matriz hídrica à planta, e garantir o sucesso na produção. A irrigação é um fator importante pois possibilita o aumento da produtividade da cultura, obtendo assim um produto de maior qualidade e com melhores custos. O objetivo da irrigação é complementar o déficit de água no solo em períodos de estiagem, para isso utilizam-se técnicas e procedimentos para o manejo da cultura, sendo uma delas o uso da tensiometria. A partir do movimento da água entre o solo e a cápsula, e com a formação do vácuo no reservatório do tensiômetro, realiza-se a leitura do manômetro que indica o estado hídrico do solo. Para melhorar a aquisição dos dados dos manômetros o objetivo desde projeto é o desenvolvimento de ferramentas de softwares, que têm por finalidade automatizar a coleta para se obter ganho significativo no controle e na eficácia dos processos de irrigação, atendendo a produtores rurais e setores atuantes na agricultura cafeeira. Para atingir tal objetivo, a metodologia empregada nesta pesquisa foi de caráter bibliográfico com embasamento em artigos relacionados para a contextualização teórica dos elementos de projeto, e entrevistas com profissionais qualificados na área. Com base nestas circunstâncias e com ênfase nos dados levantados, foi projetado e implementado um sistema embarcado de leitura dos dados dos tensiômetros de forma automatizada, deixando de ser coletado manualmente em planilhas, com armazenamento em sistemas gerenciadores de bancos de dados de arquitetura em nuvem, garantindo a qualidade e integridade dos dados e a segurança das informações, permitindo rapidez no acesso aos resultados. O aplicativo projetado oferece opção para a gestão de atividades na lavoura, proporcionando o gerenciamento de tarefas e a organização dos processos decorrentes do dia-a-dia, além de retratar a importância em direcionar as estruturas do projeto para os fatores econômicos, visando a redução de custos operacionais e eliminação de perdas com o desperdício de água durante a irrigação, focando em recursos que aprimorem o projeto tornando-o viável e com custo mais acessível a pequenos e médios produtores rurais

Texto completo: PDF