Políticas de segurança da informação em instituições públicas

Lorena Pires de Paula, Douglas Farias Cordeiro

Resumo


A evolução tecnológica, somada aos avanços das áreas relacionadas à gestão, impele grande importância à informação, que passa a se configurar como um dos mais importantes ativos dentro de um ambiente organizacional. Neste sentido, torna-se fundamental desenvolver e implantar políticas de segurança da informação, sejam em organizações privadas ou em instituições públicas. Apesar disso, muitas organizações ainda apresentam dificuldades ou apresentam falta de conhecimento a cerca da importância da segurança da informação, fato este que se torna ainda mais atenuado em instituições públicas, devido a questões como interferência política e a cultura organizacional existente. Neste contexto, este artigo se propõe a apresentar uma análise sobre questões preponderantes da gestão da segurança da informação em instituições públicas, com referência à utilização das normas ISO 27001 e ISO 27002. Além disso, é apresentado um estudo de caso, realizado no CGA – Centro de Gestão Acadêmico da Universidade Federal de Goiás (UFG). Finalmente, é apresentada uma discussão sobre a importância da criação, implantação e manutenção de políticas e controles de segurança da informação nestas instituições.

Texto completo: PDF