A IMPORTÂNCIA DA ÉTICA CONTÁBIL NA IDENTIFICAÇÃO E PREVENÇÃO DE FRAUDES NA GESTÃO EMPRESARIAL

Orivaldo Donzelli, Higor Silva Pereira, Hugo Henrique Camargo Martins, Matheus Lemos Tomé da Silva, Natália Siqueira Ribeiro

Resumo


Este artigo trata da análise da importância do papel ativo do contador quando em situações, em que é possível prevenir ou identificar uma fraude nas contas e demonstrações empresariais. Utilizou-se para a análise, dados conceituais sobre ética e sua utilização na contabilidade, além de registros de empresas que sofreram acusações de fraude estudando cada caso. O objetivo principal do trabalho é descrever a origem e importância da ética na contabilidade e identificar momentos cruciais, que a sua utilização evitaria casos de fraude e manipulação contábil. Para que os resultados fossem alcançados, foram realizadas pesquisas bibliográficas em livros, artigos e na legislação brasileira, para descrever o conceito de ética e seu entendimento pelos órgãos contábeis brasileiros, com base em Lisboa (1997); Conselho Federal de Contabilidade (1993, 1996, 2010, 2011, 2016); COSO (2004, 2015); Gomes (2013); Santos (2002) dentre outros. Os dados foram tratados de forma qualitativa e a pesquisa foi realizada de forma descritiva e explicativa, pois irá expor dados pertinentes a ética contábil, ao mesmo tempo em que explica os resultados originados por essas variáveis, no meio empresarial. Os resultados obtidos ao final da pesquisa indicam que se houvesse a utilização de métodos de prevenção aplicados junto ao comportamento ético do profissional contábil a taxa de incidência de fraudes e erros contábeis nas demonstrações empresariais seria menor.